terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Ahhh o mar, o amor...


Meu ano só começa de verdade quando eu tomo um banho de mar, lavo corpo e espírito, me renovo, pra poder ter mais 365 chances de viver plenamente cada dia, mergulho em águas claras, pra que assim seja tudo o que faço, sinto e sou, as ondas me embalam, as ondas me acalmam, as ondas me acordam. E eu preciso mesmo acordar sentimentos adormecidos, descobri que não sei amar, preciso aprender. Quando eu era criança eu sabia, sabia sem precisar teorizar ou pensar muito a respeito, era amor, era simples, era pleno. O que foi que eu perdi desde então? E o que ganhei? Perdi inocência e ganhei desconfiança, perdi espontaneidade e ganhei arrogância. E como eu fico? Não sei. Não sei se isso se aprende sozinha, não sei se existe disposição da humanidade para o amor, não sei se ainda consigo olhar nos olhos de alguém e pronunciar aquela frase que muitos banalizaram, não sei porque desaprendi algo tão sublime, que eu deveria guardar com todo cuidado. Sim, fui displicente, um mar de lágrimas já derramei por isso e nada adiantou, continuo sem saber.
.
Nostálgica ou não, eu quero o amor de volta, que ele venha envelhecido, um pouco esquecido, levemente capenga, mas que venha, e que em 2010 eu consiga enxergá-lo. Ficarei atenta, acordada e disposta a reaprender...

12 comentários:

Jarbas disse...

Você já tem a chve: aprender. Só não pense que a prendizagem do amor é definitiva. Este sempre muda. Amores de ontem deixam saudade, mas é preciso seguir em frente. Aliás, um dos elementos do pare4nder a amar é a saudade do futuro.
Ótimo Ano Bom pra você. Abraço grande, Jarbas.

Lélia Varela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lélia Varela disse...

Tudo acontece naturalmente, mas o essencial é realmente o que você diz no final: "ficar atenta" e isso não é somente para enxergar a "possibilidade" ou "oportunidade" atraente, mas também para algo muito importante: identificar se "vale a pena" ou seja se "será positivo para sua vida"

Super Beijo!!!
Lélia Varela

Fernanda Elisa disse...

Se existisse a matéria Amor no currículo escolar, eu votaria em vc para professora. Porque apesar do que vc diz no post, que não sabe amar, vc é o ser humano que mais me ensina quando o tema é esse: amar.

Que seu 2010 seja maravilhoso! E que vc não encontre o amor, que já vive dentro de vc, mas que vc seja encontrada por pessoas que saibam enxergá-la.

Beijos, Fê

Leco Vilela disse...

quase que como uma oração.

Sanzinha disse...

Adorei a foto, Lélia.
E sim, que venha o amor!

Beijo grande!

Jordana Flávia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jordana Flávia disse...

Desejar a presença do amor na vida já é o primeiro passo para essa conquista, que é íntima e segue o ritmo que o nosso coração permite... Que o amor aos poucos tome conta do seu ser. E que esse sentimento te envolva toda vez que você tiver contato com o sorriso de uma criança, com a grandeza do mar, com a luz radiante do sol e com pessoas que escolhem espalhar o amor por onde passam...
http://www.belezaaprendiz.blogspot.com

dineia disse...

Querida Lélia , que saudades de todos os momentos que pude desfrutar ao seu lado. Vejo que continua escrevendo muito bem , e com muita poesia no coração. Saudades ! Feliz 2010 , e que o amor tropece em vocêAbraços saudosos. Dinéia

Nana disse...

Oi, td b? Navegando por ai, achei seu blog e gostei daki... Bjs e fik com Deus.

Carla Vila Verde disse...

Resolvi aparecer e fiquei emocionada com texto. Você tem sensibilidade e sabe passar isso.
Beijo GRANDE

Josy disse...

Eu ainda vou ter minha janela em frente ao mar, com meu telescópio na varanda.

Ótimo texto.